Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Em Português Correcto

Blog interactivo onde se pretende dar resposta a questões sobre o português falado e/ ou escrito

Dicas Master D para elaborar um bom currículo

Hoje inauguramos neste blogue um espaço dedicado a dicas sobre escrita com a ajuda de alguns especialistas. Este artigo contou com a colaboração da Master D Portugal.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), o desemprego entre a população jovem em Portugal era de 17,1% em fevereiro deste ano. Ou seja, há ainda um grande número de jovens a disputar uma vaga de trabalho, o que torna urgente a necessidade de adquirir uma especialização. No entanto, não basta saber, é importante mostrar que se sabe e, portanto, perceber as melhores formas de apresentar as qualidades e experiências na altura de se candidatar a um emprego.

Assim, no momento de elaborar um currículo, há algumas dicas que se deve levar em conta para entregar o melhor material possível e, portanto, destacar-se dos restantes concorrentes. Alguns centros de formação com cursos direcionados para o mercado de trabalho já realizam práticas e módulos em que essas competências são trabalhadas, como é o caso da Master D Portugal.

Todos os cursos da Master D possuem o chamado Módulo de Desenvolvimento Pessoal e Profissional (MDPP) em que, através de ferramentas e estratégias inovadoras, são trabalhados diferentes aspetos e etapas que um formando deve levar em conta na altura de se candidatar a vagas de emprego. Portanto, aprendem a elaborar um currículo, uma carta de apresentação e a simular entrevistas de emprego, tendo em conta o atual panorama de recrutamento das empresas.

Através do LinkedIn da Master D Portugal poderá acompanhar as atividades que são desenvolvidas nesse centro de formação, que já há 25 anos atua a nível nacional com centros formativos em Lisboa, Porto, Coimbra e Faro. Além de workshop, jobskill e webinar, ocorrem nesses espaços alguns eventos em colaboração com empresas parceiras, que abrem portas para que os novos profissionais capacitados criem uma boa rede de contactos. Portanto, os formandos são da opinião de que a Master D é uma instituição que colabora não só para a melhoria das capacidades profissionais, mas também pessoais.

Agora, vamos às dicas que deve ter em conta na altura de preparar o seu currículo:

  1. Não exagere nos dados pessoais: há muitas pessoas que colocam o número do Bilhete de Identidade e a morada, por exemplo. No entanto, para ter um currículo conciso e claro, pode colocar apenas informações como: nome completo, e-mail e telefone, endereço de redes sociais ou site com portfólio, cidade onde mora e idade (opcional). São essas as informações que realmente importam para os recrutadores.
  2. Defina a sua área de atuação: qual é a área de trabalho em que se destaca? Qual função considera ser o seu ponto forte? Especifique a sua área de atuação e deixe-a de maneira clara, se possível, no topo do currículo. Por exemplo: recursos humanos, gestão de equipa, redes sociais, tradução etc.
  3. Qualificações e experiências profissionais alinhadas com a sua área de atuação: um curso que fez, um trabalho que realizou, um serviço voluntário que agregou para o pessoal e o profissional. Não deixe nenhuma qualificação ou experiência profissional relevantes de fora da sua lista. Elas contarão para o seu know-how e, portanto, para a sua escolha para uma vaga.

Detalhes como a formatação do currículo e o conteúdo irão depender da oferta de trabalho a que se candidata e também do seu perfil. No entanto, lembre-se sempre de valorizar as suas conquistas e de manter o foco numa área específica em que se destaque. Assim conseguirá não apenas colocar-se no mercado, mas manter-se lá por muito tempo!

master d.jpg

 

 

Auto-estima, autoestima ou auto estima

Qual é a forma correta?

a) auto-estima

b) autoestima

c) auto estima

Neste caso é no meio que se encontra a virtude, ou seja, a forma correta é "autoestima". De facto, como podem também ler aqui, segundo a base XVI do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990, atualmente em vigor, não se emprega hífen "nas formações em que o prefixo ou pseudoprefixo termina em vogal e o segundo elemento começa por vogal diferente". Assim, escrevemos "autoestima", tal como "autoestrada" ou "autoavaliação".

Fonte:

https://www.gabarite.com.br/dica-concurso/362-autoestima-ou-auto-estima-como-escreve

 

Parceria Em Português Correto/ Tecnobid

Banner tecnoBId.jpg

Licite e Ganhe Produtos novos a preços baixos

Muitos já foram os membros do site de leilões tecnoBid que conseguiram adquirir produtos de grandes marcas a preços reduzidos!

Na tecnoBid ganha o membro que tiver feito a última licitação no final do tempo regulamentado. Cada licitação aumenta 1 cêntimo a pagar pelo produto e mais 15 a 30 segundos ao temporizador. Não há limite de licitações por membro, cada um terá de avaliar e calcular a sua estratégia de licitações para ser o último a licitar e adquiri-lo a bom preço.

Pode ativar as licitações automáticas, onde define o máximo que pretende investir no artigo em leilão e deixa o sistema licitar automaticamente.

A parceria entre a tecnoBid e Em Português Corre(c)to tem vantagens para si. Em cada pacote de licitações usufrua de 20% de desconto imediato. Para isso, tem de utilizar as seguintes referências multibanco, pois só assim poderá usufruir do desconto.

códigos.jpg

Esperamos que aproveitem ao máximo esta parceria para conseguir aquele produto que tanto desejam a um preço reduzido!

"Pelo tempo passar" ou "Por o tempo passar"

pergunta.png

A forma correta é a b). Quando depois da preposição "por" se encontra um verbo no modo infinitivo, não se faz a contração da preposição com o artigo. Por isso, não devemos dizer "pelo tempo passar", mas "por o tempo passar". 

Caso não houvesse verbo, poderíamos fazer a contração:

- Estamos quase no Natal e eu nem dei pela passagem do tempo.

Fonte: Tavares, Sandra Duarte, 500 erros mais comuns da língua portuguesa, 5.ª ed., Esfera dos Livros, p.196.

 

Insossa, ensossa ou insonsa?

sopa.jpg

 

Qual a opção ou opcões corretas?

Quando a sopa tem falta de sal podemos dizer que está:

a) insossa
b) ensossa
c) insonsa

 

As três formas podem encontrar-se nos dicionários, no entanto, alguns linguistas só aceitam a forma "insossa" por se aproximar mais do latim "insulsu". A forma "insonsa" não é recomendada, por se tratar de um barbarismo, ou seja, uma deturpação linguística.

Além destas formas, também se admite a palavra "insulsa".

 

Confrontar:

https://portuguesaletra.com/duvidas/insosso-insonso-ou-ensosso/

http://ensina.rtp.pt/artigo/insonso-insosso-e-ensosso-sao-palavras-sem-sal/

https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/insonso--insosso/1888

 

Omelete, omolete ou omeleta?

Omelete de queijo da Ilha e salsa.JPG

 - Qual é a forma correta?

a) omelete

b) omolete

c) omeleta

 

Na verdade, aceitam-se as formas "omelete" e "omeleta", embora alguns linguistas só considerem correta a forma "omeleta". Este prato típico feito a partir de ovos tem origem na palavra francesa "omelette" e, à semelhança de outras palavras como "bicicleta" ou "camioneta", ao passar ao português deverá tomar a forma de "omeleta". Contudo, o uso consagrou a forma "omelete", que é a mais usada no Brasil, e por isso podem usar-se as duas formas. Já "omolete" está errada.

 

Fontes:

Tavares, Sandra Duarte, 500 erros mais comuns da língua portuguesa (5.ªed.), Esfera dos Livros.

https://www.infopedia.pt/$omeleta-omelete-ou-omoleta

https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/omeleta-ou-omoleta/11210

Sedeada ou sediada?

agencia.png

 Qual é a frase correta?

a) A nossa empresa está sediada no Porto.

b) A nossa empresa está sedeada no Porto.

 

A frase correta é a da alínea a). "Sediada" vem do verdo "sediar" que significa, segundo o dicionário em linha da Infopédia, "servir como sede a" ou "estabelecer sede para". Já a forma "sedeada" tem origem no verbo "sedear" que significa, segundo o mesmo dicionário, "limpar com escova de sedas (objetos de ourivesaria)". Embora alguns linguistas defendam "sedeada", esta forma não está consagrada em todos os dicionários com esse sentido. Há também quem considere que por estar relacionado com "sede", deverá ser "sedeada", no entanto, de acordo com Sandra Duarte Tavares, no livro 500 erros mais comuns da língua portuguesa, nem todos os derivados de uma palavra mantêm a mesma vogal e o sufixo "ear" implica movimento, enquanto o sufixo "iar" já não tem esse sentido. Outro exemplo deste mesmo fenómeno é a palavra "chefe" que dá origem a "chefiar" e "chefiada".

Assim, devemos dizer:

- A empresa está sediada no Porto.

- A minha aliança de ouro foi sedeada pelo ourives.

 

Fontes:

Tavares, Sandra Duarte. 500 erros mais comuns da língua portuguesa (5.ªed.), Esfera dos Livros.

http://linguamodadoisec.blogspot.pt/2010/03/sediada-ou-sedeada.html

https://www.infopedia.pt/apoio/artigos/15481

https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/sedear

https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/sediar

 

Imagem daqui

Vivenda geminada ou vivenda germinada?

1.jpg

 Qual a forma correta?

a) Estou a pensar comprar uma vivenda germinada.

b) Estou a pensar comprar uma vivenda geminada.

 

A frase correta é a b). Geminada está relacionada com "gémea" e aplica-se quando temos duas casas contíguas e iguais. Já "germinada" significa "deitou rebentos" e aplica-se ao contexto agrícola, por exemplo:

- As batatas, depois de germinadas, são colocadas na terra.

depositphotos_70278369-stock-photo-sprouted-potato

 Imagens daquidaqui